terça-feira, 23 de novembro de 2010

O abandono das 99


"Que homem dentre vós, tendo cem ovelhas, e perdendo uma delas, não deixa no deserto as noventa e nove, e não vai após a perdida até que venha a achá-la?" (Lc 15:4)

É incrível como a igreja institucional prefere sempre os santos que oferecem segurança a placa denominacional. A auto-proteção interna da proíbe a igreja de ser de fato igreja, abrigar e socorrer aqueles que realmente necessitam: os estragados.
O próprio Deus sabe o quanto é difícil para o ser humano entender a necessidade de sair da área de proteção em prol de quem precisa, e dentro disso ele resolveu ser didático e utilizar parábolas, como a da famosa ovelha perdida. Por acaso em algum momento o pastor menospresou a tal da "ovelhinha rebelde" que resolveu fugir do rebanho e ir cuidar das 99 "ovelhas boazinhas"? Não.
Mas infelizmente é isso que vemos, quando alguem desagarra do rebanho, a igreja abre mão do seu papel de corpo e expurga-o.
Deus veio para os cansados, oprimidos, estragados, feridos, sujos, excluidos e não para quem está são.
É triste ver quando a igreja deixa de socorrer alguém porque esta pessoa não está mais com a pele limpa. Ao invés de cuidar e limpar, ela prefere que suje mais, machuque mais, e porque isso?
Se a igreja pode entregar uma cesta básica para uma família não-cristã carente, porque não pode ajudar uma família com um membro "desviado" que também precisa de ajuda? Talvez porque faça mais bem para a fama filantrópica da igreja, talvez porque querem se proteger de quem não oferece tanto benefício á imagem da placa da denominação.

Se querem ser igreja, sigam o conselho do próprio Jesus: Deixem de lado suas 99 ovelhas e criem coragem de socorrer aquela que por mais que tenha errado em se apartar, está ferida.


Referências:


Lucas 15
, Tiago 1:27, Mateus 11:28, Mateus 25:35-40

3 comentários:

  1. Amei seu blog e suas tattoos rs paz! te sigo aqui e no twitter!

    http://carollinaprestes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Engraçado, é exatamente o que está acontecendo comigo.
    Estou passando por um momento difícil em minha família, onde eu tenho que ajudar meu meio irmão a se livrar das drogas.
    Mas como somos fáceis em julgar e destratar quem está precisando de ajuda.
    Eu me envergonho disso, mas as vezes ele suga tanta energia da gente (eu e meu pai) que é difícil se recuperar.
    Mas vamos tentar pois sei que estou fazendo a coisa certa.
    Obrigada pelo texto, me ajudou muito.
    E, se por acaso você ler meu comentário, não deixe de escrever seu blog.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Olá gostei do blog conteudo muito bom que Deus continue abençoando. ja estou seguindo. fique na paz do Senhor Jesus.
    www.blogandodemadrugada.blogspot.com

    ResponderExcluir