sábado, 8 de agosto de 2009

Respondendo o que você pensou

Bem, pelo que já estou vendo (e já andei respondendo), depois desse fim de semana o nome "Amanda" vai circular por aí, e antes que você me faça certas perguntas que com certeza vão me estressar ou antes que você pense algumas coisinhas equivocadas, eu já vou responder algumas coisas que você pensaria aqui, caso apareça outro questionameto, terei o prazer de responder.

- Não estou morrendo não.
- Estou excelente, muito bem, super feliz, aproveitando a vida pácaramba.
- Não emagreci por causa disso (juro que já escutei essa)
- Sim, já era.
- Fiquei ruim sim. Mas nada matador, nada que não tenha passado, nada que não vai passar. O que é a reação normal.
- É, também não entendi a rapidez nem a mudança.
- Ninguém quer matar ninguém, ninguém está em guerra. Para a alegria de uns e tristeza de outros, está tudo maravilhosamente bem, em paz e super amistozamente.
- Fui a primeira a saber. Não foi surpresa e eu não cai de uma cadeira.
- Estou muito feliz.
- Incômodo? O normal e passageiro que acontece com qualquer pessoa numa situação assim.
- Passou.
- Aquela perguntinha que você tá dando alôka pra saber, eu respondo com franqueza, pessoalmente, ou diretamente perguntada a mim.

ps: vai fofocar com a rampera que te concebeu.
ps2: olha a gatchenha aqui e olha pra situação, por favor né beim?!
ps3: olha minha cara de preocupação: ¬¬


Obrigada!
:)

3 comentários:

  1. Amiga!!!!!!!!! Q q isso????
    Amei...
    Faço minhas as suas palavras..

    ResponderExcluir
  2. Elizabeth Goulart
    gostei pra caramba
    esta bem ?*emo*
    *-*
    =:)

    ResponderExcluir